UFMG realizará testes para comprovar a eficácia de vacina contra a Aids

NOTÍCIAS

OFERECIDAS PELO SINCOFARMA MINAS GERAIS


UFMG realizará testes para comprovar a eficácia de vacina contra a Aids

Em parceria com centros de pesquisa de vários países, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) por meio de sua faculdade de medicina, está recrutando 120 voluntários para receber e testar a eficácia de vacina desenvolvida contra o vírus HIV.

A pesquisa denominada Mosaico e financiada em colaboração com a Johnson & Johnson tem previsão de duração de 4 anos.

Segundo a coordenação da pesquisa da UFMG, por utilizarem apenas fragmentos do vírus, a vacina não é capaz de causar a infecção do HIV. Os voluntários interessados em participar devem preencher alguns pré-requisitos, como ter entre 18 e 60 anos, não estar infectado pelo vírus e ser homem cisgênero ou pessoa trans que têm relacionamento com homens cisgênero e/ou pessoas trans.

A vacina, se comprovada a eficácia, chega após mais de 30 anos do primeiro caso da doença.

As inscrições para os testes tiveram início no final de 2019 e os interessados em se voluntariar para participar dos estudos têm até julho deste ano ou até o preenchimento total das vagas para se inscreverem.

Fontes:

https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2021/02/06/ufmg-recruta-voluntarios-para-testar-a-eficacia-de-vacina-em-desenvolvimento-contra-a-aids.ghtml
https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2021-02/vacina-contra-hiv-sera-testada-no-brasil