Ministério da Saúde deve ampliar acesso ao Farmácia Popular

NOTÍCIAS

OFERECIDAS PELO SINCOFARMA MINAS GERAIS


Ministério da Saúde deve ampliar acesso ao Farmácia Popular

Para reduzir os custos com os medicamentos adquiridos pelo programa Farmácia Popular, o Ministério da Saúde negocia redução nos preços dos remédios para asma, hipertensão e diabetes. A meta é economizar R$ 750 milhões, que serão convertidos na ampliação do acesso aos remédios.

Os valores praticados atualmente na venda de produtos do Farmácia Popular para o Ministério da Saúde obedecem às regras da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), que regula o mercado. A entidade estabelece um valor para a venda, mas os laboratórios e as drogarias podem praticar preços menores para o consumidor.

A oferta dos medicamentos está mantida no programa. O objetivo da negociação é dar maior eficiência à utilização dos recursos públicos e garantir que não haja ônus para o Sistema Único de Saúde (SUS), além de buscar ampliar a oferta de produtos e serviços da rede de saúde. A decisão será tomada com o setor para a garantia da continuidade do Farmácia Popular em todo o país.

Fonte: Portal Brasil