Proibidos medicamentos, cosmético e saneante

A Agência publicou nessa quinta-feira (7/6) a proibição de três medicamentos que eram fabricados sem registro. Um deles não tinha a indicação da empresa fabricante na embalagem.

Hemofolic e o 4g folic, fabricados sem registro pela empresa Exeltis Laboratório Farmacêutico Ltda, são indicados para reposição de ferro e ácido fólico, principalmente para gestantes e mulheres na fase de amamentação.

X-life além da falta de registro, não traz em sua rotulagem o fabricante. O produto prometia emagrecimento e perda de gordura de forma rápida.   A medida determinou ainda a apreensão e inutilização de todos os produtos disponíveis no mercado, bem como a interrupção da divulgação em qualquer meio de comunicação.

Produtos de higiene e limpeza

Também foi publicada, nessa quinta-feira (7/6), a proibição de um cosmético e de um saneante. Os produtos não tinham registro na Anvisa e um deles continha informação divergente em sua rotulagem.

Álcool Gel Prime Clean Tradicional 70%, fabricado pela Union Indústria e Comércio de Cosméticos Ltda, foi proibido devido à falta de registro na Anvisa. A empresa deve recolher todo estoque existente no mercado.

Cloro Top – Super Forte, fabricado pela empresa Top Kim Produtos de Limpeza, além de não possuir registro na Agência, apresentava no rótulo de seu produto o endereço e o CNPJ de outra empresa, a Astol Indústria e Comércio Ltda.

Com isso, foi determinada a apreensão do Cloro Top – Super Forte, fabricado pela empresa Top Kim Produtos de Limpeza, com o endereço Rua Escoteiro Fernando César, 600, Nova Era, Juiz de Fora – MG e o CNPJ 24.848.721/0002-40 pertencentes à empresa Astol, escrito no rótulo.

 Fonte: Anvisa

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Veja outras notícias