Motivação e Sucesso: O desafio da civilidade

Pessoas civilizadas são aquelas que compreendem que seus direitos terminam quando começam os direitos alheios. São pessoas que sabem respeitar a opinião alheia, mesmo que com ela não concordem. São pessoas polidas, educadas e têm comportamentos e atitudes pouco agressivos em relação a pessoas, ao meio ambiente e até mesmo às coisas materiais.

Um dos maiores desafios do mundo contemporâneo é fazer as pessoas se comportarem com civilidade, até mesmo nas coisas mais simples, como agradecer, pedir licença, ouvir, devolver o que não lhe pertence, falar baixo, mastigar com a boca fechada, recolocar a cadeira no lugar ao se levantar, colocar a mão à boca ao tossir, não atravessar a frente das pessoas sem pedir licença, etc., etc.

A gentileza entre as pessoas, a polidez, a chamada educação social está em falta e o ser humano corre o risco de se brutalizar.

Conheço pessoas que confundem civilidade com falsidade e coisa do passado ou mesmo com submissão. Isso é um enorme engano!

Tenho assistido em empresas discussões pouco civilizadas onde as pessoas se agridem com palavras fortes e desrespeitosas. Isso não quer dizer que se deva concordar e não discutir, debater. Pelo contrário, devemos ser assertivos em nossas convicções, mas civilizadamente, com respeito e educação.

Conheço pessoas que têm se negado a participar de reuniões com determinados colegas pelo comportamento agressivo dessas pessoas. Conheço chefes pouco civilizados e subordinados igualmente rudes e toscos que deterioram o clima empresarial.

É preciso lembrar que somos seres humanos e não animais irracionais e que comportamentos de civilidade foram uma grande conquista humana.

É preciso redescobrir a civilidade no ambiente de trabalho, nas relações de amizade e mesmo nas famílias. É preciso redescobrir a gentileza, a educação, a polidez e o respeito entre as pessoas.

É preciso lembrar que num ambiente agressivo, rude e rústico demais, sem respeito e civilidade, não pode haver motivação, nem sucesso.

Pense nisso. Sucesso!

PENSE NISSO:

• Você entende e permite que as pessoas pensem diferentemente de você em relação à política, à religião, a preferências esportivas, etc.?

• Você pensa nas palavras que utiliza antes de proferi-las numa reunião, conversa ou discussão?

• Você confunde “sinceridade” com falta de educação?

• Você procura controlar suas emoções em situações em que sua opinião está sendo desafiada?

• Você é um ser humano civilizado ou age dominado pelos instintos de agressividade, sem raciocinar?

Por Luiz Marins

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Veja outras notícias