Anvisa aprova entrega remota de medicamentos controlados por farmácias e drogarias.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) decidiu na última semana que medicamentos controlados poderão continuar a ser entregues de forma remota. Esse serviço adotado inicialmente durante a pandemia de Coronavírus e agora regulamentado, requer as mesmas regras da venda presencial, ou seja, conferir e reter a via original da prescrição médica.

Desta forma, para incluir a sua farmácia nesse tipo de serviço, além de seguir as mesmas regras da venda presencial, a drogaria também deverá adotar algumas medidas:

1.  Antes de tudo, é preciso buscar a receita ou solicitar o envio de forma eletrônica (quando se tratar de prescrição eletrônica).

2. O farmacêutico deve conferir as informações da receita (tipo, quantidade, validade) 

3. Colher as assinaturas necessárias no ato da entrega

4. As farmácias devem manter os registros guardados

Por fim, é importante ressaltar que a entrega remota passa a ser permitida para estabelecimentos dispensadores privados, públicos e para programas governamentais. Outro ponto de atenção é que a venda de medicamentos controlados pela internet ainda continua proibida.

Compartilhe este post

Veja outras notícias

Notícias

Aumenta a busca por repelentes nas farmácias

A procura por repelentes registrou um notável aumento de 400%, revelando uma crescente preocupação da população diante do atual surto de dengue. personalidades do mercado

Abrir o Chat
1
Precisa de ajuda?
Scan the code
Olá! Podemos te ajudar?
Opções de privacidade